Segunda, 27 de Junho de 2022
13°

Muitas nuvens

Taubaté - SP

Geral Santa Catarina

SC-370 é liberada de Urubici até o corte da Serra do Corvo Branco

O trecho da SC-370 na Serra do Corvo Branco, que vai de Urubici até o corte da Serra, foi aberto na tarde desta sexta-feira, 20. Equipes coordenada...

20/05/2022 às 21h40
Por: Redação Fonte: Secom Santa Catarina
Compartilhe:
 Ponto segue interditado a partir do corte - Serra segue interditada a partir do corte
 Ponto segue interditado a partir do corte - Serra segue interditada a partir do corte

O trecho da SC-370 na Serra do Corvo Branco, que vai de Urubici até o corte da Serra, foi aberto na tarde desta sexta-feira, 20. Equipes coordenadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) trabalham na limpeza da rodovia e na recuperação de encostas há cerca de 10 dias, quando fortes chuvas atingiram Santa Catarina.

O trecho de chão batido onde houve perda de pista e dano estrutural permanece interditado até que a reconstrução da via e o novo traçado sejam concluídos.

“Foi o maior desastre que tivemos na região nas últimas décadas e estamos trabalhando dioturnamente na rodovia desde então. A situação é emergencial, não só do ponto de vista da visitação turística, mas porque a Serra do Corvo Branco é ligação de duas cidades, duas regiões, uma via de escoamento de produção também”, destaca o Secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, tenente-coronel Thiago Vieira.

Com a finalização dos quantitativos e da concepção do projeto de recuperação, a previsão é de que uma empresa seja contratada para o trecho mais crítico na semana que vem. Além da perda estrutural da pista, houve quatro quedas de barreira mais expressivas. Após a chuva, os ventos trouxeram ainda mais risco de rolamento de pedras. Por isso, pontos mais críticos permanecem interditados.

Vieira recomenda que eventuais visitantes respeitem a sinalização onde a passagem é proibida - inclusive para pedestres.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários