Terça, 30 de Novembro de 2021
°

-

Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão debate estudo sobre potencial vacina anticocaína que protege bebês em gestação

Depositphotos Uso de drogas na gravidez afeta a criança A Comissão de Seguridade Social e Família promove debate nesta quinta-feira (28) sobre va...

26/10/2021 às 11h50
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Uso de drogas na gravidez afeta a criança - (Foto: Depositphotos)
Uso de drogas na gravidez afeta a criança - (Foto: Depositphotos)

A Comissão de Seguridade Social e Família promove debate nesta quinta-feira (28) sobre vacina desenvolvida na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) que pode proteger mulheres e seus bebês dos efeitos do uso de cocaína durante a gravidez. O debate foi sugerido pelos deputados Francisco Jr. (PSD-GO) e Dr. Luiz Antonio Teixeira Jr (PP-RJ).

Recentemente, foi publicado na Revista Psiquiatria Molecular, do grupo Nature, artigo sobre pesquisa inédita realizada pela UFMG que demonstrou que o uso de uma potencial vacina anticocaína por ela desenvolvida pode proteger grávidas e seus bebês durante a gestação e a amamentação.

Segundo o artigo, “os experimentos em fase pré-clínica mostraram que o medicamento é eficaz para inibir os efeitos da cocaína no cérebro durante a gestação e a amamentação, com produção de anticorpos do tipo IGG".

O professor Frederico Garcia, um dos coordenadores da equipe de pesquisadores, destaca que "o uso de crack e cocaína na gravidez é problema de saúde pública, pois a droga afeta não só o feto, mas a mãe e a criança a médio e longo prazos.
Dessa forma, essa solução inovadora pode beneficiar as novas gerações e oferecer,
de forma inovadora, prevenção primária em saúde mental”.

Na avaliação dos parlamentares que pediram o debate, os resultados iniciais da pesquisa são animadores e  merecem a atenção desta Comissão, "especialmente porque um empreendimento dessa magnitude e alcance necessita de investimento público para que os resultados sejam otimizados".

Foram convidados os seguintes professores da UFMG:
- a reitora Sandra Regina Goulart Almeida;
- o diretor da Faculdade de Medicina, Humberto José Alves;
- o titular do Departamento de Saúde Mental, Frederico Duarte Garcia; e
- a titular do Departamento de Saúde Mental,  Maila de Castro Lourenço das Neves.

O debate será realizado às 10 horas, em plenário a ser definido. O público poderá acompanhar o debate e participar da discussão pela internet. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
- Atualizado às 21h00 - Fonte: ClimaTempo
°

Mín. ° Máx. °

Qua °C °C
Qui °C °C
Sex °C °C
Sáb °C °C
Dom °C °C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes